EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

 

Presidente Edson José de Vasconcelos, participou do encontro realizando provocações, a quais contribuirão na construção da fotografia

O modelo tradicional de sala de aula com professores expondo conteúdo, alunos fazendo anotações, temas de casa e provas aos poucos vai ficando ultrapassado. Novos modelos de ensino, que propõem um maior protagonismo do aluno e vê o professor mais como um auxiliar na aprendizagem do que reprodutor de ideias, vem ganhando força.

O assunto está em debate entre os técnicos da câmara técnica Educação Empreendedora, que compõem o Conselho de Desenvolvimento Econômico Sustentável de Cascavel, o qual os técnicos terão a missão de pensar a longo prazo a Cascavel do futuro.

A fotografia começa a ganhar traços primordiais, na educação inicia com a imagem de uma criança tocando o futuro. Nesse momento todas as câmaras técnicas passam a dar subsídios para a construção de sua fotografia, a qual todas passarão pela validação da Plenária, e após aprovada, serão elaborados os planos de ações e indicadores para alcançar os objetivos traçados.

A câmara está sendo coordenada por Antonella Neves, e seu vice Sergio de Angelis.

Por Patrícia Pacheco