Cascavel do futuro
Nesta semana um encontro reuniu as câmaras técnicas de Urbanismo e Meio Ambiente e Transporte e Mobilidade do Codesc – Conselho de Desenvolvimento Econômico Sustentável de Cascavel, que está constituído há cinco anos, com a missão de, com base no presente, refletir sobre o futuro que se pretende para o município. É formado por técnicos voluntários, que representam mais de 65 entidades, contribuem com o desenvolvimento das ações do Conselho.
Marcaram presença o secretário de Meio Ambiente, Nei Haveroth,
Diretor de Conservação Ambiental e Bem-Estar Animal da Secretaria de Meio Ambiente, Ailton Lima, Presidente da ONG Amigos dos Rios, Antônio Marcos Nogueira, os coordenadores: Urbanismo, Deborah de Camargo Paciornik, Transporte e Mobilidade, Major Amarildo Roberto Ribeiro e técnicos de várias entidades.
“O planejamento é a solução para evitar os conflitos com as estruturas urbanas e maximizar os benefícios da arborização. Ele deve estar em constante atualização para que possamos atender um planejamento a longo prazo. Entre os objetivos está definir diretrizes do planejamento, implantação e manejo da Arborização Urbana Municipal, promovendo a arborização como um instrumento de desenvolvimento urbano, qualidade de vida e equilibro ambiental”, defendeu o secretário, Nei Haveroth, agradecendo a oportunidade do espaço, que atinge uma das metas, que é levar o conhecimento a sociedade civil.
O Presidente da ONG – Amigos dos Rios, Antônio Marcos Nogueira, pontuou algumas ações que vêm sendo realizadas pela ONG, constituída há 21 anos. O trabalho é realizado por voluntários na conservação de nascentes, rios e parques de Cascavel e conta com projeto de plantio de árvores e flores nos fundos de vale em vários bairros da cidade. “Precisamos da união e sensibilidade das entidades e sociedade civil, para que possamos tornar real nossos objetivos que é garantir o bem-estar a toda população”, finaliza, agradecendo e convidando todos os técnicos a participarem das ações.
Crédito: Assessoria